terça-feira, 24 de abril de 2012

NOITES SEM TI - José Neto Formiga

Assombrosas são minhas noites sem ti
Inquietantes desejos de estar contigo
Chorosos momentos de alma ferida
Que buscam no travesseiro o abrigo

Emoções inertes me apavoram
No arrepio da triste noite fria,
falecendo meus encantos realçados
Dissolvidos no cantar da alegria

Triste de mim que não confia
Na rápida passagem do tempo
Nas horas dormidas e quietas

E no descansar do pensamento
Rejuvenescido no dia seguinte
 No realçar do sentimento  

 José Neto Formiga
é Pós-graduando em Língua Portuguesa, com ênfase em Gramática e Literatura 

Outras postagens 
O tempo  

3 comentários:

  1. nao intendi nada!!!!! vou ler denovo hahahaha fala de quê mesmo???????

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkkkkkk é o zé neto!?

    ResponderExcluir